Ilhéus: Vereador sendo extorquido por Secretário?

Kaique Souza (PODE) VS Sergio Do Amparo (PODE)

Kaique Souza (PODE) recentemente assumiu a Secretaria Especial de Juventude, Esporte e Lazer, abrindo mão assim do mandato de Vereador.

Ao abrir mão do mandato de vereador, quem assume a vaga é o primeiro suplente do partido, no caso Sergio do Amparo(PODE), com direito a por os próprios assessores e diretores em seu Gabinete Parlamentar.

De acordo informações enviadas a redação do Novas Noticias, o vereador Sergio do Amparo está sendo impedido de empossar seus próprios assessores e diretores, e até mesmo de usar o próprio gabinete pessoal que tem direito, pois não recebeu a chave do Secretário, havendo de fazer uso de Lan House quando precisa tirar xerox.

Pessoas próximas relataram que o Vereador ao tentar conversar com o Secretário, o mesmo teria extorquido\chantageado, falando que se não fosse assim, com os assessores e diretores dele no lugar dos que Sergio tem Direito, e sem poder usar o gabinete para exercer as atividades parlamentares, que abriria mão do cargo de Secretário, e que o Sergio perderia o mandato de suplente.

Sergio está se sentido acuado, e com receio de perder o mandato que está em suas mãos, ficou calado diante a situação no mínimo vexatória, mas não sabe ele, que se as denuncias enviadas forem verdadeiras, o então secretário estaria cometendo crime…

Extorsão é o ato de obrigar alguém a tomar um determinado comportamento, por meio de ameaça ou violência, com a intenção de obter vantagem econômica. É crime tipificado no artigo 158 do Código Penal Brasileiro: Art.

A redação do Novas Noticias, está disposto a escutar os envolvidos, caso queiram se pronunciar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *