BUERAREMA : PREFEITURA CONTRATA 1.5 MILHÕES EM COMBUSTIVEIS, NECESSIDADE?

Orlando Filho (Pai e ex-prefeito) e Vinicius Ibrann (Filho e atual Prefeito) Ambos terão mesmo destino? Improbidade administrativa?

Prefeito Vinícius Ibrann, através da Prefeitura Municipal de Buerarema, contratou via pregão presencial a Nº 002/2021 , o valor de R$ 1.525.125,00 (um milhão quinhentos e vinte e cinco mil cento e vinte e cinco reais) em combustíveis….

Imagem : Prefeitura Buerarema

Analisando a licitação publicada no diário oficial do município citado acima, um morador local se assustou ao ver a quantidade estipulada de combustíveis solicitados quais somavam 470 MIL LITROS, onde contatou a redação do veículo de comunicação que redige essa matéria, questionando se fazia sentido tamanha demanda.

Imagem: Prefeitura Buerarema

Logo iremos comparar com um veículo não econômico, modelo “S10 Chassis Cab. 2.8 Turbo”, qual consume 1 litro de combustível a cada 8 km… e chegamos a conclusão que daria para andar 3.760.000 KM com 470 mil litros de combustíveis… uma volta ao mundo é em torno de 40 mil km… logo teria como dar a volta ao mundo 94 vezes.

Mas Buerarema não é uma cidade pequena? Há tamanha precisão de se gastar 470 mil litros de combustíveis? É legal e moral tais aquisições?

Segue todas as orientações do Tribunal de Contas da União? Pois, analisando os documentos de fácil acesso. (Sim, uma das prefeituras quais há maior dificuldade para analisar o portal da transparência…) Foi constatado não haver o número de veículos aptos a utilizar tais combustíveis adquiridos pela Prefeitura de Buerarema especificado no edital do pregão eletrônico analisado.

A recomendação do TCU é que no pregão anunciado deva ter as respostas claras para as demasiadas perguntas, de maneira a não existir duvida nem para a sociedade, nem para os fiscais do TCU\TCM:

Por que precisa?
De que quantidade precisa?
Como vai utilizar?
Quais os benefícios?

Informações: TCU

Vale lembrar que o pai do prefeito Vinícius Ibrann, o ex-prefeito Orlando Filho, já foi condenado por improbidade administrativa, será que o filho seguirá mesmo destino politico?

E já em 2016, MPE denunciou fraude na compra de combustíveis em Crixás do Tocantins em situação parecida a essa questionada na matéria. Decisão da Justiça que bloqueou valores do então prefeito Gean Ricardo, de Ex — servidora e posto envolvido, conforme matéria do G1.

A equipe do Novas Noticias, entrou em contato com o Gestor, e quando tocou no assunto referente se os pregoeiros da Prefeitura de Buerarema andou lendo as orientações do TCU? O Prefeito deixou de responder, assim decidimos jogar para o público, tais questionamentos que tivemos…

Caso o prefeito\secretária de comunicação da Prefeitura de Buerarema, queira se pronunciar acerca, e tirar nossas duvidas, ficaremos alegres em abrir espaço… para pronunciamento.

 

 

Fonte :

http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2016/11/prefeito-tem-bens-bloqueados-por-suspeita-de-superfaturamento.html

http://g1.globo.com/bahia/noticia/2015/06/justica-condena-ex-prefeito-de-buerarema-por-improbidade-de-verba.html

https://portal.tcu.gov.br/data/files/12/F5/74/CC/8A17D4104A68E6D42A2818A8/MANUAL%20DE%20PREG%C3%83O%20ELETR%C3%94NICO.pdf

 

http://www.ipmbrasil.org.br/visualizar-publicacoes?cod=17&file=8E0EB55E3512530D3AB51BB7BAE5AA02&type=licitacoes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *